Responsive Ad Slot

Destaques

latest

Deputados fazem jejum neste domingo

domingo, 5 de abril de 2020

/ by Admin
Três parlamentares eleitos na esteira do prestígio de Jair Bolsonaro (então no PSL), na camanha eleitoral de 2018, atenderam à convocação feita na quinta-feira (2), em entrevista à Rádio Jovem Pan, e anunciaram em suas mídias sociais que irão aderir ao jejum religioso, convocado pelo presidente para este domingo (5), como forma de "ajudar a conter a disseminação do novo coronavírus".

Curioso é que nenhum deles é evangélico, e quem recomendou a prática, disse o próprio presidente, foram sua esposa, Michele Bolsonaro, e os pastores pentecostais que os apoiam, como Silas Malafaia, Victório Galli, Edir Macedo e RR Soares.


Os deputados federais Nelson Barbudo (PSL) e José Medeiros (Podemos) e o estadual Sílvio Favero (PSL) garantiram que vão ficar sem comer, só à base de água, e orando, durante todo o domingo, para pedirem intervenção divina contra a epidemia que já infectou mais de 1 milhão de pessoas ao redor do planeta, com mais de 400 morte, até o sábado (4).

Um sempre entusiasmado José Medeiros disse que quem o ensinou a prática foi a avó católica. Tradicionalista, ele lembra a todos que não adianta somente não se alimentar.

“Presidente propõe jejum neste domingo pelo Brasil, pedindo a Deus por nosso povo, neste momento difícil! Antes que os ateus se rasguem de ódio, como o próprio Jair Messias Bolsonaro diz: O Estado é laico, mas o presidente é cristão”, escreve o deputado, Facebook.

Medeiros só não tem o mesmo entusiasmo quanto à realidade da ameaça trazida pela, doença e atribui à mídia o medo sentido pela população.

Ele, inclusive, fez enquete-piada no Twitter para defender a ideia, perguntando qual a série mais aterrorizante em cartaz.

Entre as cinco opções, está o "Jornal Nacional", da Rede Globo, que é considerado por ele e Bolsonaro como "mentiroso" porque divulga dados sobre a Covid-19 e recomenda que a população permaneça em casa.

Outro católico da turma, Nelson Barbud,o garante que fé ajuda a combater a Covid-19, muito além das recomendações do seu maior aliado, que sempre foi contra o isolamento social e pede cotidianamente a reabertura do comércio e o retorno da circulação de pessoas pelas ruas, como forma de “salvar a economia”.

Outra recomendação também tem Bolsonaro como referência: o uso de hidroxicloroquina.

Além do remédio para tratamento da malária, Barbudo afirma que a fé é “grande instrumento” de combate à pandemia.

Entretanto, o mais fervoroso católico dos três é, de longe, Sílvio Fávero.

Em post publicado nas redes sociais, lembrou os 15 anos da morte do papa João Paulo.

Após um breve resumo da vida e obra do pontífice, ele resumiu o sentimento dos três: “São João Paulo II, rogai-por nós”, seguido de um emoji de oração.

O Fávero declarou que está atendendo ao apelo do presidente Bolsonaro.

Neste sentido, garantiu que vai jejuar "pelo Brasil e pelo mundo", neste domingo.

“Vou jejuar em prol da minha nação e do mundo. Devemos nos voltar a Deus em oração”, disse.

por diariodecuiaba

Nenhum comentário

Postar um comentário

Destaque
© all rights reserved
Copyright 2020 GospelTop.com.br