Responsive Ad Slot

Destaques

latest

11 fatos sobre Jerusalém que você talvez não conheça

terça-feira, 26 de maio de 2020

/ by Admin

"No dia de Jerusalém, celebraremos não apenas a determinação do povo judeu de viver na capital eterna de Israel, mas também os valores judaico-cristãos compartilhados que selaram as relações históricas entre a América Latina e Israel desde novembro de 1947, quando 13 dos então 20 países latino-americanos votaram a favor da criação do Estado de Israel na Assembléia Geral das Nações Unidas ”, lê uma carta assinada por um ministro do Uruguai, um senador da Colômbia e legisladores da Guatemala, Argentina e Suriname.

Da mesma forma, uma carta assinada por funcionários da União Europeia e 12 parlamentos europeus lembrou que "13 dos 17 países europeus votaram a favor da criação do Estado de Israel".

Todos os signatários são membros ou chefes de grupos de aliados israelenses de diferentes parlamentos da Europa, incluindo Suécia, Romênia, Hungria, Áustria, Itália, País de Gales, Eslováquia, Finlândia, Holanda, Estônia, Croácia e Lituânia.

As 11 curiosidades

Na ocasião desta celebração, apresentamos alguns dados que talvez você não conhecesse sobre a antiga Jerusalém (Jerusalém), a cidade que é a atual capital de Israel.

1.- Jerusalém é uma das cidades mais antigas do mundo . As primeiras civilizações que a habitaram pertenceram à Idade do Cobre, ou seja, entre o ano 2.000 e o ano 5.000 aC.

2.- Foi Davi, depois de ser eleito rei, quem capturou a cidade de Jerusalém dos jebuseus (cananeus) e a tornou a capital da nação de Israel (2 S. 5: 3-6). A cidade permaneceu a capital de Israel até que os romanos a saquearam em 70 dC. C.

3.- A palavra Jerusalém vem do hebraico "Ierushalaim" ( Cidade da Paz ). Ieru é uma cidade e o shalem é o shalom bem conhecido (cumprimento que significa "paz"). No entanto, Jerusalém é também uma das cidades que mais sofreu guerras : 26 vezes foi conquistada, além de ter sido sitiada em várias ocasiões.

4.- Jerusalém é sagrada para as três religiões monoteístas : judaísmo, cristianismo e islamismo. O nome da cidade aparece mais de 600 vezes no hebraico Tanach e mais de 140 vezes no novo testamento cristão, enquanto os muçulmanos o chamam em árabe de Al-Quds, "O Santo".

5.- Ao longo da história, os judeus queriam ser enterrados no Monte das Oliveiras, em Jerusalém, porque entendem que é aqui que o Messias aparecerá . Estima-se que haja cem mil sepulturas no cemitério neste local, que remontam a vários séculos.

6.- A UNESCO, em 1981, declarou a Cidade Velha de Jerusalém como Patrimônio Mundial. O comprimento do muro histórico que circunda a cidade velha de Jerusalém é de 4 quilômetros , 12 metros de altura e 2,5 metros de espessura. Possui mais de 2.000 sítios arqueológicos importantes.

7.- A cidade de Jerusalém possui mais de 1.500 parques e jardins, apesar de estar a poucos quilômetros do deserto da Judéia.

8.- Em 1963, foram descobertas sementes de uma palmeira de Jerusalém em uma panela velha. Em 2005, uma árvore extinta por mais de 1.800 anos foi plantada e germinada.

9.- Jerusalém foi a primeira cidade do mundo a ser completamente coberta por Wi-Fi.

10.- Jerusalém aparece 806 vezes na Bíblia; 660 vezes no Antigo Testamento e 146 vezes no Novo Testamento (sem incluir sinônimos usados ​​para mencioná-lo). A primeira aparição de Jerusalém é encontrada em Josué 10: 1. Alguns estudiosos acreditam que uma alusão a Jerusalém já aparece em Gênesis 14:18, com referência a Melquisedeque, rei de Salém, porque a construção poética paralela do Salmo 76: 2 equipara Salem a Sião (outro nome para Jerusalém).

11.- Os membros do corpo docente da Universidade Hebraica de Jerusalém ganharam 8 prêmios Nobel .

por evangélicodigital

Nenhum comentário

Postar um comentário

Destaque
© all rights reserved
Copyright 2020 GospelTop.com.br