Responsive Ad Slot

Destaques

latest

Culto da família: Jesus, o nosso Remidor!

terça-feira, 12 de maio de 2020

/ by Admin

“Deus vai falar com você e vai mudar rumos”, disse a pastora Gabriele Engel na abertura, se referindo à mensagem e ao testemunho que seria ministrado por seu pai, o Apóstolo Joel Engel.

O ensino que há nas experiências passadas. A palavra ministrada foi baseada na parábola contada por Jesus no evangelho segundo Mateus, capítulo 18, versos 23 ao 34, que conta a história de um devedor que teve suas dívidas perdoadas pelo rei, mas foi incapaz de perdoar a dívida de um dos seus conservos.

“Muitos empresários estão encerrando as suas atividades e se atolando em dívidas. Outros tantos cidadãos brasileiros perderam seus empregos. Não existe uma lei no Brasil, perdoando as dívidas, mas servimos a um rei remidor. Mas o que significa essa palavra?” – perguntou Engel.

Em Lv 25: 25-27, está a explicação. No ano do jubileu, Deus deixava um decreto de perdão para todas as dívidas do seu povo, para que houvesse um equilíbrio na sociedade. Assim, a cada 50 anos, todos poderiam recomeçar as suas vidas. O valor da dívida era calculado e se, caso alguém não conseguisse pagá-la em dinheiro, era preciso entregar seus filhos à escravidão, como forma de pagamento! Porém, Deus deixou como lei a seguinte saída: se alguém empobrecesse, e vendesse a sua propriedade ou a perdesse por causa de dívidas, um parente próximo poderia resgatar o que ele vendeu, comprando de volta a terra e devolvendo-a para o seu parente. O valor da terra era calculado de acordo com tempo que faltasse para completar o jubileu. Os filhos eram resgatados e poderiam voltar para casa.

“Depois da pandemia, muitas pessoas vão precisar recomeçar do zero e de alguém que resgate os seus bens, alguém que seja o seu remidor. Remidor é alguém que assume suas dívidas, para que você possa limpar seu nome e começar outra vez. É muito raro isso acontecer no mundo natural, porém, no mundo espiritual temos um eterno remidor e um fiel amigo, o nome dele é Jesus! Ele te fala nesta noite: ‘sua dívida está perdoada!” – Explicou o Apóstolo.


O amigo Remidor

Em hebraico, a palavra remidor é traduzida como Go’el, aquele que redime. No livro de Ester, essa palavra é encontrada 13 vezes, referindo-se na maioria delas a Boaz, cuja obra de redenção pode ser comparada com a obra de redenção de Cristo.
Já o significado da palavra amigo, está relacionado a alguém com quem se tem amizade, afeto, companheirismo, quem defende ou tem admiração por alguém. O apóstolo Joel continuou a ministração apresentando Jesus como o amigo remidor:
“A passagem escrita Colossenses 2:13-15, mostra que Jesus rasgou o contrato de dívida que havia entre nós e o pecado. Pagou tudo na cruz, sofrendo por cada um deles. Por isso, diante do Supremo Juiz, não temos nenhuma dívida, pois o nosso irmão mais velho, o nosso amigo remidor pegou todas as nossas dívidas e jogou no lixo! Jesus abriu mão de sua glória, tornou-se nosso amigo, para que pudesse pagar todas as nossas dívidas. Por isso, Ele nos ensinou a oração do Pai Nosso, que também nos ensina a perdoar. O Supremo juiz, que é Deus, não pende nem para direita nem para esquerda. Se alguém erra, tem que pagar! Mas aí Jesus aparece no cenário para morrer em nosso lugar e pagar a nossa dívida, basta que assumamos a nossa posição de pecador arrependido, de réu confesso.“

Joel Engel deu prosseguimento à mensagem, contando o seu testemunho:
“Nosso início foi bem difícil e cheio de desafios. Eu comecei ainda criança, tendo de trabalhar para manter o sustento da família, junto com meu pai. As pessoas precisam trabalhar para poderem se manter, a ponto de quebrar até algumas regras, se preciso for, pelo trabalho. Meu sonho era seguir a carreira militar, mas meu pai precisava de mim. Endividado, com fiscais querendo fechar a padaria, procurávamos manter as portas abertas a qualquer custo. Tentávamos adiar ao máximo os pagamentos, para ganhar tempo, coisas que meus pais nem sabiam que estava acontecendo. Meu pai trabalhou 30 anos em uma padaria, lutando para levar um pão de meio quilo para casa, sem férias, para realizar o sonho de ter a sua própria padaria e o mundo todo querer fechá-la. Eu senti na pele o abuso de autoridade dessas pessoas maldosas, que cobravam propina para adiar nossas dívidas; juízes que mandavam documentos assinados com ordem de interdição. Por isso, eu sou fã dos meus pais, porque eles nunca deixaram de acreditar. Eu aprendi a repartir as dores. Porém, uma das dívidas era a maior de todas e mais difícil. Para piorar a situação, meu irmão menor de idade, bateu o carro no carro dos fiscais que estavam vindo fechar a empresa”.

Nesse momento, um vídeo mandado por Roger Engel, irmão do Apóstolo Joel, contou essa parte do testemunho, fortalecendo ainda mais o impacto da ministração desse culto:
“Eu bati o carro e acabei fugindo, pois não tinha carteira. Eles vieram atrás de mim e quase me bateram, queriam me prender. Meu irmão foi chamado, e assumiu todo o problema. A surpresa foi tamanha ao descobrir que ali estavam os fiscais que queriam fechar a padaria. Dias depois, o Apóstolo Joel pegou uma mala e foi ao encontro dos fiscais. Eles até pensaram que era uma mala de dinheiro, mas era uma mala de roupa, para ele ir para a prisão pois iria assumir uma dívida que não poderia pagar, assumindo a dívida do nosso pai, para ele não precisar ir preso. Isso comoveu os fiscais e eles cancelaram a dívida. Isso foi um grande milagre! Eles agiram mais ou menos como Jesus fez: anularam uma dívida impagável”, disse o Roger.

“Estou contando isso, pois sei que muitas pessoas estão nessa situação hoje”, continuou o Apóstolo. “Eu estava disposto a ser o remidor do meu pai e isso comoveu os fiscais, pois eles tinham filhos que não fariam por eles o que eu estava fazendo pela minha família. Assim, eles me liberaram e colocaram fogo em nossas dívidas! Pudemos recomeçar”, disse Engel em lágrimas, lembrando desse verdadeiro milagre. “Jesus se manifestou em minha vida como remidor e disse ‘está liquidado!’ Saiba que isso também pode acontecer com você que está endividado. Se você está sendo caçado, sua empresa está prestes a fechar, ou perdeu o seu trabalho, lembre-se de que errar, todo mundo erra, mas Jesus pode perdoar a sua dívida, basta que você perdoe os seus devedores”.

No final do Culto da Família, o Apóstolo Joel orou por todos os que estão em uma situação difícil:

“Jesus pode, depois dessa Pandemia, reerguer você das cinzas, de forma que o recomeço seja melhor do que a primeira vez”!

Assista a esse testemunho completo, receba a oração e seja abençoado, clicando aqui.
www.youtube.com/joelengelministerioengel - Nome do vídeo: "Jesus, o nosso Remidor"

Nenhum comentário

Postar um comentário

Destaque
© all rights reserved
Copyright 2020 GospelTop.com.br